Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LA MI RÉ

No silêncio do som... as notas que ficam...

No silêncio do som... as notas que ficam...

LA MI RÉ

18
Jun08

Casa da Música - Menino-prodígio do jazz

lamire

 

Menino-prodígio do jazz alemão é convidado especial
 
  
 
Carlos Bica apresenta
Matéria Prima
 
 
 
                           
 
Sexta, 20 de Junho
Carlos Bica contrabaixo
João Paulo piano
Mário Delgado guitarra
João Lobo bateria
Matthias Schriefl trompete
22h00 | Sala 2 | €10
 
 
Carlos Bica, referência maior do jazz europeu, apresenta na Casa da Música o seu mais recente projecto musical, Matéria Prima.
 
Neste concerto, Carlos Bica procura, através de um repertório maioritariamente constituído por composições da sua autoria, expor aquilo a que o próprio contrabaixista chama portuguesismo na música improvisada.
 
Nascido da vontade de criar uma formação constituída na sua essência por músicos portugueses, o projecto Matéria Primaconta com a participação de alguns dos melhores intérpretes. Para além de Bica no contrabaixo, a iniciativa integra o pianista João Paulo Silva e o guitarrista Mário Delgado, dois artistas de topo do panorama nacional, e a jovem revelação da bateria, João Lobo. O convidado especial deste concerto é o trompetista Matthias Schriefl, um jovem músico que recebeu inúmeros prémios nacionais e internacionais e que é considerado pela crítica especializada o menino-prodígio do jazz alemão.
 
A carreira internacional de Carlos Bica tem proporcionado ao contrabaixista o contacto com músicos de diferentes nacionalidades, das mais diversas escolas e estilos musicais, procurando em cada um a habilidade de contar histórias com uma única matéria-prima, o som. Entre os músicos com quem Carlos Bica tem trabalhado, destacam-se o guitarrista alemão Frank Möbus e o baterista norte-americano Jim Black,companheiro no seu trio Azul.
 
Falar da música de Carlos Bica é salientar a forma como nela se misturam referências de diferentes universos, da música erudita contemporânea à folk, ao rock, ao jazz e às músicas improvisadas, o que descreve a própria trajectória do intérprete e compositor. Carlos Bica frequentou a Escola Superior de Música de Würzburg, integrou a Orquestra de Câmara de Lisboa, trabalhou e gravou na área da música popular portuguesa com Carlos do Carmo e Camané e participa regularmente em festivais de Jazz internacionais.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Os meus links

ANÚNCIOS MUSICAIS

ARTESÃOS

ARTISTAS

Bilhetes espectáculos

COROS

Cultura

Festivais de Música

Grupos de Câmara

Maestros

Música

Outros

ORQUESTRAS

TUNAS

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2006
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D